quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

CORRENTEZA


CORRENTEZA

Sou a correnteza do rio
Desço na vazante das chuvas
Nada vejo pela frente
Não me importo se acabarei com casas ou vilarejos
Se nesse meu percurso acabar com plantações
Matar pessoas eu não me importo
Preciso desafogar-me e não tenho outra saída
As cheias me fizeram assim
Depois que tudo passa...
Olho para trás e entristeço-me
Não queria ter feito isso...
Deixei muitos desconsolados...
Quando fico vazio são esses que entristeci
Que cuidam de mim!!!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

NATUREZA



Quero deitar na relva e sentir-me livre
Quero na selva mostra minha valentia
Quero descansar na relva olhando o céu
E nele ver a mais linda obra de Deus!!!
Quero na selva matar um leão a cada dia
E me tornar vencedora das batalhas que enfrento...
Quero banhar meu corpo nas águas cristalinas do rio da vida
Lavar minha alma dos pensamentos impuros...
Quero fechar os olhos do corpo e abrir os olhos da alma
E nela ser simplesmente o que sou...
Valente, batalhadora e uma menina mulher meiga!!!!
  


O vento passou deixou a fresca em meu rosto. 
O sol veio e bronzeou minha cútis. 
A chuva caiu e molhou minha silhueta. 
Na nevasca gelei. 
Veio tornados, furacões e não levou minhas metas a serem cumpridas!!


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

CAMINHAMOS NA ESCURIDÃO


CAMINHAMOS NA ESCURIDÃO

Acredito que caminhamos por estradas desconhecidas
E encontramos o caminho que o coração manda.
A escuridão vem cai à noite e não deixemos caminho.
Na escuridão vem o sono e fazemos uma pequena oração.
“Sei que também é difícil para você meu benzinho e estrelinha ilumine o sono de quem amo.”
Na hora certa a jornada será concluída.
Mesmo que sejamos guiados pela sombra dos pensamentos.
Ainda que fracos mas jamais invisíveis seremos!


ALÇAR VOO





ALÇAR VOO


Quero alçar vôo, mas minha asa não se mexe.
Sinto uma dormência nela não posso impulsionar-me.
Preciso ajuda para voar, sei que em algum lugar
Seja onde for existe minha asa irmã para voarmos.
Já voamos varias vidas agora me deixaste nessa sozinha.
Nossos espíritos têm que voar,
Pois os céus parecem distantes.
Pintaremos estrelas o céu da meia noite.
Para que sonhos voltem a acontecer.
Nossos corações são chamas fazendo a escuridão clarear.
Venha podemos pintar as estrelas do céu.
Se quiseres voar comigo!!!
by Ana







sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

NOITE DE NATAL



Noite de Natal onde o bom velhinho aparece para realizar sonhos.
Sonhos infantis, sonhos de adolescentes enfim todo tipo de sonho.
Todos pedem ao Papai Noel, poucos pedem ao dono do dia!
Pois esse só poderá coisas espirituais, até materiais se for necessário.
Peço nessa noite de Natal onde anjos, arcanjos e querubins se reúnem
Para festejarem o aniversário do Criador Maior.
Lembre-se que nessa noite é para pedir paz, amor e muita luz
Pois existem corações sedentos de tudo isso.
Meu Pai peço por esse mundo que criaste e que se tornou em sua maioria 
em egoísmo muita Paz, Muito Amor e Muita Saúde pois se tivermos 
tudo isso o resto corremos atrás. Obrigada.

Amém



quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

QUERER

Quero ser sua estrela iluminar suas noites
Quero ser seu sol para te esquentar quando frio
Quero ser seu por do sol para acalentar-te para um descanso merecido
Quero que esse dia não se acabe
Quero somente dar-te um beijo longo com sabor de quero mais
Acho que meu querer é demais
Quero aninhar contigo em noites frias 
Ser sua coberta 
Quero simplesmente te amar
E falar que TE AMO
Ana Cecilia

NOITE FRIA

Noite fria gelada, congelante sem suas palavras suaves
Tempo que não passa rolo nessa cama gelada
Hoje o dia correu e eu aqui a esperar 
E nada houve, penso em entorpecer-me com beijos delirantes
Noite sombria as estrelas não saíram como você 
Vento arrepia minh’alma triste 
Meu universo parou
Estou com meu core quase parando
Suas batidas diminuem a cada segundo
Pareço ter entrado no inferno 
Pois nada me faz mais sentido
Sua ausência é como ter sede e não ter água
Sentir a escuridão e a luz não vem
Ter noites intermináveis sem o sol para terminá-la
Sentir as folhas caindo em pleno outono sem saber se a primavera virá
Ser uma criança sem ter o seio materno para sugar;
Estou nesse quarto escuro desfalecendo-me aos poucos
Meu coração já quase se força está parando
Espera apenas por um pequeno sopro de vida!
Ausência que consome essa vida sem graça!!!!
Ana Cecilia

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

SOU UM LINDO CISNE


SOU UM LINDO CISNE

Optei por amar a mim mesma
Que tinha a alta estima em baixa
Eu era o patinho feio e de repente
Fiz-me enxergar que era um lindo cisne
Abandonado a própria existência
O tempo passou e vi que podia ser esse cisne
E viver á vida da maneira que devo.
Sou uma quarentona vovó e me vejo linda hoje
Quero seguir minha jornada
Amando a vida
E amando principalmente e plenamente a mim mesma!!!
Amo amar a vida!!!






Eu ,você,o universo e o seu corpo do Poeta Nicky Tommas Tommas



Eu ,você,o universo e o seu corpo

Anoitece,acende-se as estrelas,dorme a cidade
a insólita ambição descansa.Vem deita comigo.
Te despojo de suas vestes lentamente,como o
vento brando de Outono,onde cada folha cai len-
tamente. Meus olhos encontram os seus,meus 
meus pensamentos voam no seu infinito azul,
que cometamos hoje todos os pecados do mundo,

 que transbordemos o inferno,pois vou te
amar até,abrirmos todas as portas do paraíso.
Minha língua,voa sem norte dentro do céu de
sua boca.Cheiro sua nuca,a mordo,beijo suas
orelhas,tens o cheiro de todas meretrizes,em
um universo do corpo fêmeo. Minhas.Minhas mãos te
exploram,com habilidade,para mapear todo
seu terreno.Desço inebriado,para sugar seus
seios,assassino Dédalo,quero ser apenas eu
sou seu Ícaro,somente eu voarei sobre você,
instituo o ciúme.Como inocente criança te sugo.

Me faça poderosa fêmea seu filho único.Q
sua primeira palavra seja,TE AMO,a última,Te
quero.Agora minha língua inquieta,quer sentir 
todos seus sabores.Tens os sabores de toda
minha luxúria.Ofegantes nos fundimos,agora
não somos dois somos,um só,minha Vênus
meu amor........

Ana Cecilia