sábado, 28 de abril de 2012



Cansei de tudo 
Vou simplesmente 
Jogar a toalha 
Tal qual o jogador 
Que se vê caído ao chão 
Prestes a ser derrotado.
Foram vários rounds 
Caindo sempre na lona
Então não sei 
Se jogo a toalha 
Ou levanto e luto de novo!
AC
28/04/12

Pensei que fosse fácil encontrar.
Mas só encontrei genéricos para tomar...
Parecia coisa de contrabando nada real.
Por vezes pensei que era apenas depressão e 
Na verdade chama-se diferente...
O segredo dele ainda não conheci.
Conheci tanta coisa e não sei onde está
Este tão falado “Amor Próprio”. 
by Ana




Queria poder como uma criança poder deitar e chorar em um colo amigo.
Queria poder chora e nada falar. 
Queria ser a criança que só pelo olhar diz o que sente.
Queria poder não ter esse meu lado 8 ou 80.
Ser muito feliz ou muito triste.
Quem sabe mesmo com quase cinquenta eu venha a aprender isso.
by Ana

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Falo de amor, confiança que em um alto desfiladeiro caiu numa subita queda. Deixou aquembrantado o coração e alma de uma mulher q mal nasceu e assim morreu...
Sinto o frio do Himalaia em minh'alma.
Sinto o mistérios das pirâmides no q ñ sei se vivi.
As águas dos Oasis poderiam ser como os beijos q não sei se roubaste!
Pedi aos deuses do Olímpio para me tirarem desse mundo e nada puderam fazer.
Dei-me a clausura para viver!!!! 
by Ana
Preciso da paz q acalenta um coração dilacerado pela vida.
Paz q o restaure aos e o faça viver. Vivet no obscuro do meu ser é morrer sem saber.
É saber q nada tem sentido.
Paz venha e deixe me viver o pouco q me resta!
by Ana 
Mesmo q eu ande pelos vales sombrio. Serei a largata a espera da metamorfose. Para poder florir o amanhecer e os jardins q assim precisar.
by Ana
Ruas cheias de sangue, alma caminha nesse sangue vivo.
Tonteia esse vivo sangue que escorre pelas entranhas do meu ser. 
Estou morrendo aos poucos. 
Quero a vida que me tiraste.
by Ana
Não sei fazer nada pela metade como: amar, viver,
Querer, desejar. 
Me parece estranho ter as coisas focando metade. 
Metade de um cérebro não vive, coração pela metade sofre. 
Então como posso ter algo pela metade?
by Ana
Cadê vc menina?
Aquela q tinha sonhos e esperança.
Mataste p ser mulher...
Mulher q nasceu sem sonhos. Deixaste a meiguice de menina.
Sua vida está sem graça, perdeu-se todo brilho...
AC
25/04/12

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Qdo o Sol nascer q ele esquente minh'alma. Que descortine meu pensar. Que a noite chegue e meu confidente ali esteja para acalmar das tribulações do dia. Que ele enxuge minhas lagrimas se preciso for.
Tão qual uma andorinha procuro o quente.
O quente de seus labios a procurar os meus. Sua língua explorando a minha boca com seu mel. Meu corpo a incendiar ao seu suave dedilhar. Aquele seu perfume inebriando seus toques em minha sensualidade.
Como menina me entrego as sua caricias de amor. Grito de prazer. Ao se findar essa volupia enterneço em seu peito. Não querendo mais ao mundo voltar. Enfim minh'alma de andorinha a ti someente pertence em sua plenitude.
Existia uma gaviota num gde desfiladeiro,
querendo alçar voo.
Quando percebe uma de suas asas inertes
como um moribundo.
Pensa tantas coisas até em joga-se do mesmo.
Pensou muito e não fez.
Então o q fazer?
Passou o tempo e ela ali querendo alçar voo.
Sua alma chorou muito.
Enfim pensou se aqui cheguei
e posso pedir ajuda aos céus pois Deus me guiará.
Foi quando Deus lhe deu uma asa de um de seus anjos.
E disse "Vá enfrente eu te ajudarei sempre."

domingo, 15 de abril de 2012

ALIADOS PARA A FELICIDADE


ALIADOS PARA A FELICIDADE

Entre o coração e a razão quem ouvir?
Razão fala baixo com voz tremula, tenta explicar algo coerente. 
Mas como sempre vem o coração a explanar a situação...
Sim claro que com palavras amáveis e sutis tais com um perfeito gentleman. Suas explicações são vindas do fundo de seu ser.
Já a razão fala e discute expõe os percalços que aquilo pode ocasionar. 
Então ao final dessa longa conversa sai uma pequena frase que diz assim:
“MINHAS ATITUDES DEPENDEM APENAS DE QUEM VOCÊ É.”
E os dois simplesmente se abraçam e concordam e falam o seguinte:
Viva a vida e seja o protagonista de seus próprios atos! 

BRINCAR DE VIVER


      BRINCAR DE VIVER
Não acredito que a vida seja apenas um jogo. Onde ganha quem souber ganhar. A vida é um eterno brincar. 
Começamos na infância com o brincar para interagirmos com o mundo exterior e com o interior. Seria conciliar o faz de conta com a realidade.
Usamos quando crescemos jogos simbólicos imitando os adultos. 
Depois de certa idade ainda existe pessoas que brincam de casinha e ao passar o tempo acham que o se desfazer de um lar pode ser simplesmente a solução.
Ou seja, isso seria um jogo da vida.
Posso brincar de viver, de amar, de sonhar, de ser poeta. Mas isso tudo me inspira a realidade na qual eu quero e desejo assim viver. 
Então porque não fazer dessa brincadeira a sua vivência. E levar a sério essa brincadeira de viver. Pois a vida é uma só!

sábado, 14 de abril de 2012



Sou o mar revolto pelas tormentas
As larvas de um vulcão a eglodir
Sou um tsunami vindo em direção do mundo
A furia de um furacão ao encontrar algo pela frente...
Mas me torno a calmaria do mar
A dormencia do vulcão 
Sou um furacão qie perdeu a força 
A espera que o mundo apenas 
Ame seu proximo plenamente!
14/04/2012
AC