domingo, 15 de abril de 2012

BRINCAR DE VIVER


      BRINCAR DE VIVER
Não acredito que a vida seja apenas um jogo. Onde ganha quem souber ganhar. A vida é um eterno brincar. 
Começamos na infância com o brincar para interagirmos com o mundo exterior e com o interior. Seria conciliar o faz de conta com a realidade.
Usamos quando crescemos jogos simbólicos imitando os adultos. 
Depois de certa idade ainda existe pessoas que brincam de casinha e ao passar o tempo acham que o se desfazer de um lar pode ser simplesmente a solução.
Ou seja, isso seria um jogo da vida.
Posso brincar de viver, de amar, de sonhar, de ser poeta. Mas isso tudo me inspira a realidade na qual eu quero e desejo assim viver. 
Então porque não fazer dessa brincadeira a sua vivência. E levar a sério essa brincadeira de viver. Pois a vida é uma só!

Nenhum comentário:

Postar um comentário