quinta-feira, 16 de agosto de 2012



Não quero luxo
Quero ser simples
Quero a pureza do vento
Quero as mãos que acariciam
Sem dor
Quero concomitantemente ser feliz e livre
Quero sentir o perfume em viagem astrais
Sentir os braços entrelaçaram meu corpo
Como se fosse unica
Quero dormir e acordar
Inebriada com esse olor de vidas passadas
Quero ser a mulher que um dia Vinicius cantou
Quero me molhar no seu suor
Como se fosse chuvas de rosas
Em meu corpo sedento...
Sedento de prazer e amor!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário