segunda-feira, 15 de abril de 2013


Deixei minha terra para viver em terras estranhas. 
Vivi durante décadas em um mundo te utopia. 
Onde nada seriam meus, teria filhos e não seriam meus, seria simplesmente um empréstimo, o qual seria confiscado pelo mundo. 
Seria eu obrigada a entregar, pois haviam criado asas. 
Os "amores" foram apenas paixões que vinham como o vento e se iam.
Ana Cecilia

O tempo passou e as páginas escritas ficaram. 
A borracha tentou apagar e ficaram as marcas nas páginas já escritas. 
A inocência ficou da menina. 
O medo prevalece na verdade esse medo sempre houve. Foram décadas que passaram, vidas que mudaram seus rumos e agora por acaso, coincidência se reencontraram por essa magnifica tecnologia. 
Quem poderá dizer o porquê disso acontecer tem um único nome Ele é meu Deus que remove montanhas e faz com que o impossível aconteça. 
Simples assim!
Ana Cecilia

Puts sou chamada de consumista.
Mas me alegro com pequenas coisas. 
Me entristeço na mesma intensidade com pequenas agruras da vida. 
Não perco tempo em odiar as pessoas, pois a vida é curta e apenas sei amar!
AC

domingo, 7 de abril de 2013


Quero andar de mão dadas na praia.
Senir a brisa do mar a beijar minha face,
Molhar os pés,
Correr de pega-pega,
Deitar na areia e
Olhar para o céu e ver as nuvens
Falar sobre as imagens.
Tomar um sorvete e
Sentar na pedra e ver o por do sol!
Ana Cecilia

                  ENCONTRO!!!

Quero encontrar-te onde tudo será mágico
Sentiremos nossa respiração
Corações acelerando
Beijaremos-nos longamente
Fitarás meus olhos e eu aos seus
Nada irá nos incomodar
Andaremos de mãos dadas
Abraçaremos como se esse dia fosse acabar o mundo
Amor que será para a eternidade de nossas vidas
No restante de nosso vivente!
Ouvirás não uma vez, mas sempre
Que EU TE AMO
E jamais o deixarei partir sem mim
Porque esse Amor veio pra ficar!!!
Ana Cecilia


Hoje faz 37 anos que voce foi morar com Deus!
Ainda me recordo das nossas brincadeiras. Voce sempre foi especial Aninha.
O tempo passa e passa um filme daquela tarde em que soubemos a noticia na escola.
Como doeu te ver ali inerte e tão nova. Voce tinha uma vida pela frente, mas para Deus voce era muito especial e Ele nosso GADU resolveu te levar para morar no céu.
Estranho que lembro da amizade grande que tínhamos e essa permaneceu em nossa família Aninha.
Foi um dia que ficaria marcado para sempre em minha memória, pois eramos mais que amigas acredito eramos quase que irmã aquela que Deus me deu de presente e assim te levou.....
Ana Maria de Oliveira saudades eterna de sua amiga e irmã!
*23/03/1962
+06/04/1976

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Hoje a lua desejou boa noite
As estrelas iluminaram 
O vento veio deixar 
Seu beijo em minha face.
O sono vem como calmante 
E os sonhos são metas a seguir!
Ana Cecilia

Quanto tempo passou?
Quantas luas?
Quantos dias ensolarados?
Quantas chuvas?
Quantas manhãs frias?
Enfim foram tantas coisas....
Foram tantas lembranças
E agora temos um presente
Um presente de recomeço
De renascimento!
Ana Cecília

terça-feira, 2 de abril de 2013


Quero uma paz que venha de dentro
Um abraço forte de saudades
Um beijo de lembranças
Quero ouvir sinfonias angelicais
Quero você hoje em meu amanhecer!
Ana Cecilia